Medo...


É só essa dor
Apenas essa dor
Que se juntou com todas as outras
E resolveu corroer meu coração mais ainda
E dessa vez a minha mente também.
Nunca senti tal coisa dolorosa
E é uma dor imensamente insuportável.
Que te destrói por dentro
Até você se destruir por fora.

E essa dor
É formada por todo esse meu medo.
O medo que eu tenho de te perder
Te perder para aquela perfeita
A única perfeita, sabe?
Porque a perfeição não habita em mim
Mas habita em ti, meu perfeito.

Então com todas essa junções
O medo se transforma em dor
A dor me faz ter tristezas
E as tristezas me matam por dentro
E essa matança incansável
Me faz matar-me por fora.

E no final de tudo
Não há felicidade
Há apenas...
Uma menina morta
Um amor acabado
E um casal recém formado.
E essa menina morta,
Cuja dor ainda a tormenta,
Será esquecida.

E esse amor,
Que na menina ainda vive,
Acabará para aquele menino apaixonado.
E esse recém casal,
Cujo amor renasceu,
Viverá para sempre
Até a pequena menina morta
Voltar em outra vida
E sofrer da mesma dor,
Do mesmo amor
E do mesmo medo
Que a matou por inteiro.
...

Nenhum comentário

Postar um comentário