Desapego...



Quer uma coisa interessante?
Eu consegui me desapegar a você.
Consigo agora viver a vida
Sem você estar nela
Mesmo que ás vezes
Por encontros e desencontros
Você apareça
Mas não me faz tanta diferença.
E pensar que o antes
Não importa mais.
Você segue a sua vida
E deixa que eu, sigo a minha.
Agora te olhar
Ver-te com outras
Observar-te fazendo coisas
Que antigamente
Não iam me agradar
É normal pra mim.
Como se você fosse
Um nada na minha vida.
Como se nunca tivesse
Existido pra mim.
Sim, isso é a melhor coisa
Não você ter se tornado nada
Mas sim, eu não me importar mais com você.
É como se você passasse por mim
Me mostrasse a sua vida
Seus problemas
E o que andas fazendo.
Para tentar chamar a atenção
E simplesmente.. ignoro
Pior que apesar de tudo
Apesar dos quatro anos
Que vivestes assim
O que mais marcou
Foi o olhar e o abraço.
Era confortador
E o olhar era verdadeiro.
As inutilidades existiram
As utilidades também
Mas a verdade apareceu
E eu simplesmente consegui achar
A minha felicidade.
Dessa vez
O que aconteceu
Ficou para traz
E quando eu olho
Para seus atos e palavras
Simplesmente
Sinto que agora
O tudo é um nada.

 [ Sim.. é para você... L. N. ]

Nenhum comentário

Postar um comentário