Mostre a felicidade...



  Lembra-se daquele pedido? Sim, eu o fiz para que o mesmo erro não seja cometido.

  Eu te fiz prometer algo que para mim é mais importante que tudo. E foi isso. Você me prometeu. Então comecei a acreditar no nosso “Para sempre”.

  Mas não se esqueça dos erros e as confusões que eles causam.

  Meu coração é muito chato e se no meio da felicidade a dor penetra nele, então a dor que irá existir. Isso vai durar por muito tempo. Então decido me afastar das pessoas.

  Com isso preciso ficar apenas do seu lado e tentar te fazer com que você me faça sorrir e mais ninguém. Porque pode-se esquecer rápido, sabia?

  Então, agora me mostre a felicidade.

  Nesse meio de recuperação meu coração ainda está dolorido. Então se mostrares para ele toda a felicidade, ele ficará feliz novamente.

  Mas se você errar e errar. Vacilar e tropeçar. Ele vai sofrer mais uma vez. Desse modo ele vai querer a tristeza para toda a eternidade até encontrar algo ou alguém que o traga felicidade de novo.

  Por isso te fiz prometer. Não quero que acabe. Isso jamais poderá acontecer.

  Mas quando meu coração quer, ele consegue ter e eu nem posso argumentar para mostrá-lo que o meu grande amor está ali para me pegar nos braços e me fazer feliz.

  Ele é teimoso. Não ia ligar. Ia querer ser feliz do jeito dele. E se eu insistisse nesse amor ele ia se fechar, ficar frio e fazer a minha mente me mostrar que nunca vai ser você e nunca vai existir o “para sempre”.

  Não me faça mais sofrer.

Me observe e escute o que meu coração diz.

  Ele quer a felicidade dele de volta. Mas se nesses tropeços ele sofrer pela terceira vez, eu não poderei fazer nada.

  Por isso te peço...

  Me mostre o amor do primeiro dia mais uma vez.

Nenhum comentário

Postar um comentário