Volte a me amar...


  Não sei o que pôde acontecer com aquela felicidade toda. Desde quando ele disse que a amava e eu chorei até não poder mais. Eu não sei mais se existe amor.
 
A dor faz com que eu esqueça de tudo, e também faz com que eu esqueça-o.
  Sabem quem tem a solução pra isso?  Só ele.  Mas a amizade dele não parece existir entre nós.
 
 O fiz mostrar que ele se importa com eles e não percebeu. O fiz mostrar que os amigos são mais importantes do que um namoro que acabou de começar. Mas quem decide é ele. Quem tem que saber o que mais importa é ele.

  Se ele diz que vai ser pra sempre ele sabe que o que mais importa é nós, mas se ele diz que os amigos são mais importantes então sabe que não vai ser pra sempre.

  Apenas não quero terminar mais uma vez, passando anos e mais anos escrevendo coisas tristes relacionadas a isso, chorando porque ele não veio me ver, chorando porque ELA ainda o diz que é SEU, chorando por ele não se importar mais e nunca mais ter dito que me ama.

  Apenas quero continuar aquela felicidade de alguns meses atrás, eu sei que é você, que você a tem. Então me faça ter a certeza de que esse amor ainda existe.

  Se importe. Ligue. Preste atenção. Fale quando eu julgar. Me observe. Saiba o que me dizer quando eu chorar. Fique feliz quando eu ficar. Me ame sem perceber. Me beije quando eu me distrair. Limpe algo quando estiver sujo. Saiba ler meus pensamentos quando eu olho para você com o rosto triste.

  Não sei por que tem que ser assim, apenas sei que meu coração não é o mesmo desde o que aconteceu. Desde aquela “confusão”. A vida se embaraçou. O meu coração fechou. Aquela menina alegre e feliz virou a menina que você nunca ia conhecer.

  A fria. Fechada. Gelada. Quieta. Feliz longe de você. Sem conseguir sorrir ao seu lado. A que não se importa. Que não se preocupa. Que não tem argumentos para falar quando você está triste. Que volta a dar atenção aos amigos e esquecer de você.

  Quem você preferia? Se quer ela de volta. lute. Pense. Ache a solução.

  Você tem a solução. São simples palavras que podem ser ditas da boca pra fora ou podem ser vindas do coração. Só você sabe. Só você é a chave.

  Lembra quando você me disse eu só eu tinha o poder de te tirar da minha vida? Certo. Então não faça eu me arrepender para que isso aconteça.

  Não me deixe esperar. Não me deixe martelar coisas nada haver. Você sabe como sou. Sabe o que pode acontecer. Mas eu sempre vou te amar. Eu disse. Não foi o primeiro, mas é o verdadeiro. E como você me falou. Nada, nem ninguém pode nos atrapalhar. Mas te digo, uma pessoa que você disse que ama nos atrapalhou. E o que vocês fez? Nada. Até eu pedir, por favor, porque não agüentava mais.

  Pode parecer exagero. Pode ser obsessão. Pode parecer coisa de uma menina com a mente extremamente doentia. Mas na verdade é o medo que faz isso. Porque quando se ama quer se ter a pessoa só para si.


  Ah, e sabe porque eu não acabei com isso logo? Porque simplesmente eu não desisto da minha felicidade. Eu só tenho que fazer essa felicidade perceber que está me fazendo triste.
  
               Eu simplesmente te amo.

       “...Eu murmurei... Me perdoe por ser como sou...”

Nenhum comentário

Postar um comentário