Foco, Força e Fé



Sempre cuidei de mim.
Nunca fui de depender dos meus pais para nada além do dinheiro.
Fui sozinha. Só eu e Deus.
A única dependência que sempre tive foi de amor.
Já que meus pais não deram, eu quis que alguém me desse.
Aprendi a andar sozinha.
Aprendi a ler sem que ninguém me ensinasse.
Me tornei a melhor aluna sem nenhum dos meus pais ter me ensinado nada.
Nunca pedi ajuda a eles, era inútil.
Fiz amigos, amores e eternos sem ao menos eles me ensinarem o que era o amor.
Conheci Deus através de amigos.
O mundo então começou a sorrir.

Reuniões? Festas? Palestras? Novo colégio?
Fui.
Fiz.
Participei.
Passei.
Sem ao menos eles saberem como e por quê.
Comecei algo que se tornou minha meta.
Fiz apresentações, passeios e conquistas. E quem esteve ao meu lado foram Deus e meu amigos.
Comecei a não me importar. Para mim a presença deles não fazia diferença.
Nunca perguntaram e nunca se interessaram.
Então sorri.

Eu dei mais passos sem eles. Sem ao menos saberem.
Então eu me apaixonei. Descobri o amor e comecei a amar.
Eles não entenderam. Não viam o que e quem eu tinha me tornado.
Chorei. Foi preciso. Era impossível não derramar lágrimas.

Não desisti. Até que eles deixaram, mas não entendem ainda, em quem e no que eu me tornei.

Dei mais milhões de passos e eles não souberam de nada.
Mais uma vez não perguntaram, mas eu tive que dizer para provar a eles quem eu sou.

Dei um grande passo que me fez sonhar mais.
Meus desejos aumentaram.
E quis trabalhar mais.
Sabia que eles não estariam comigo.

Mas de algo eu tinha certeza...
Deus nunca saiu do meu lado desde o momento em que eu nasci.
E as paixões, os amores e os amigos que encontrei que me deram força, foco e fé para sonhar tudo o que eu quisesse. E poder provar para quem não acreditou em mim, que eu posso ser quem eu quiser ser.

Nenhum comentário

Postar um comentário