O adeus...



Sentirei falta de tudo.
Dos motivos..
Dos sorrisos..
Dos carinhos..
Dos beijos..
Do amor.

Sentirei falta do motivo da minha felicidade.
Do motivo para eu viver.
Sentirei falta da minha força de todas as manhãs.
Do meu foco.
Da pessoa que me trazia fé para enfrentar mais um dia.

Eu dei valor para ti.
Lutei por ti.
Venci por ti.
E construímos o nós.

Eu sabia que com você eu seria a menina mais feliz.
Não traí.
Não menti.
Não continuei impulsiva nem imatura.

Eu cresci.
Amadureci.

Fiz feliz.
Fiz amar e amei com todas as minhas forças.

Eu acreditei em nós.
E nós, construímos o futuro.

Até que por uma vez não sentida.
Algo aconteceu.
E de repente me vi perdida num labirinto sem saída.
Então decidi ficar ali.
Parada.
Quieta.
Sem pedir socorro.
Sem gritar.
Fiquei te esperando.

Até que decidi falar.
Você não me escutou.
Nem ao menos perguntou o por quê.
Só seguiu sua vida enquanto eu parei a minha para te esperar.

Mas já que você quis assim.
Eu chutei tudo.
Decidi queimar, rasgar, jogar fora, esquecer..
Você decidiu sair, eu decidi respeitar sua decisão.
Então, agora...
Não venha atrás.
Mesmo que eu tenha a certeza de que meu amor por você não vai acabar.
Eu não quero mais sofrer por você.
Agora eu quero fazer sorrir que me fez sorrir.
E deixar morrer quem me faz chorar

Nenhum comentário

Postar um comentário