Proteção...



E foi quando você abaixou a cabeça que meu coração me fez parar de respirar...

Eu acabei me desligando de tudo e fiquei a te observar.
Rosto aflito. Hormônios à flor da pele. Lágrimas quase pulando dos olhos.

Então eu desejei...

Desejei que nada de mal lhe acontecesse.. Nunca!
Desejei que Deus perdoasse você.
Desejei que Deus te desse forças para agüentar todas essas barreiras da vida.

Eu só não desejei que ele te desse um anjo porque esse cargo já é meu.
Eu, então, apenas sorri, abaixei a minha cabeça e voltei a olhar para você.
Você não estava bem, eu sabia disso.

Você, em seu coração e em sua mente, desejava aquele ser á quilômetros de distância de você.

Você pediu, também, para que aqueles dois ao seu lado parassem de ser tão rudes e te deixassem sorrir.
Eu abracei seu coração e desejei tirar toda a sua angústia.
Sei que nada é impossível mas tem muitas coisas improváveis de acontecer.

Mas, se a qualquer momento você quiser essas coisas improváveis acontecerem pode contar comigo.

Já te disse, não disse?

E mesmo que nada pareça verdadeiro eu estarei de pé, firme e esperando tudo o que estiver vindo para te atingir.
Estarei ali para ser seu escudo. Sua arma e sua proteção.

(J.S.)

Nenhum comentário

Postar um comentário