Novos sonhos...



  Então eu percebi que você era tudo que eu precisava. Mas eu não enxergava isso mesmo que desejasse você e tudo ao seu redor. Eu sentia ciúmes, eu sentia saudades, eu sentia amor. Mas, na minha visão de vida, isso não era tudo que importava.

  Eu precisava largar tudo. Largar o orgulho, largar o passado, largar tudo de ruim que fazia eu me distanciar de você. Eu tinha que querer apenas você. Apenas seu carinho, seu amor, sua vida, seu tudo.

  Mas eu parei um minuto e percebi que você parecia uma cópia da perfeição que eu tinha. Ele era assim comigo como você é hoje. Carinhoso, engraçado, amigo... Mas eu acreditava nele com todo o meu poder adquirido após levantar de tantos tombos na vida. Em você eu não consigo acreditar em nenhuma palavra por causa dele.

  Ele era perfeito até o ponto em que prometeu voltar e não voltou. Como se uma mãe prometesse ao filho que só iria ali e voltaria em poucos minutos e nunca mais voltasse ao seu encontro. E eu me senti assim, uma criança infeliz, sozinha e deixada por quem eu mais amava.

  Mas eu não quero ser mais essa criança. Quero, simplesmente, que eu reconheça todo esse seu amor por mim. Que eu possa acreditar em cada palavra sua. E que eu possa resolver e esquecer toda aquela angústia que ele deixou pra mim.

  Quero poder andar de mãos dadas com você. Quero que perguntem se estamos juntos e eu, com o maior sorriso do mundo, diga que sim. Quero poder acreditar em um para sempre. Quero poder chamar a sua mãe de sogra. Quero fazer planos para o futuro deitada na cama ao seu lado. Quero sonhar a noite que tivemos filhos lindos. Quero, principalmente, te amar sem ser apenas uma amizade. Quero tirar tudo de ruim e começar uma história, de páginas brancas e perfeitas, só nossa.

Nenhum comentário

Postar um comentário