O erro...



  - Talvez você não vá entender, eles não vão entender, talvez não se arranje ninguém que entenda.

  Ela sempre foi uma menina complicada, difícil, bruta e meiga e ainda errada. Toda errada.  Mais errada que um nó dado por uma criança.

  Mas esses erros no fundo são dela, é como ela é.
Ah, ela é um erro!
Sim é, mas é o erro que alguém se apaixona e quer tomar pra si e não largar mais.

  Mas talvez isso tudo tenha um motivo. Um motivo dela. O motivo. Mas ninguém nunca soube, não sabe e nunca saberá, pois ninguém nunca a entendeu, não entende e nunca a entenderá.

  Ela é tão fácil sabe, só faltava vir com um manual. A menina simples, a que qualquer pessoa queria. Mas...
É esse lado quase ninguém conhece e quem conhece quer ela pra si...

  Vida injusta não é? Vida sem vida. Sem um sentido só.
Mas ela é assim. Há coisas, há erros que pra ela não são erros são um motivo a mais de ser feliz.

  É como largar tudo de mão ou ter as duas coisas ou simplesmente deixar rolar sem pensar demais, só ser feliz. Só viver os dias como se fossem os últimos.
Talvez seja isso ou não.

  Mas é ela. O erro! A errada! A maluca! A menina! A única....


  A única que um dia vai embora e todas esses erros vão acabar e assim, talvez a felicidade de todos volte.

Nenhum comentário

Postar um comentário