Verdade...

  



Ela não sabe...ou talvez saiba tanto que não quer admitir.
Porque a verdade dói e para ela dói mais ainda à cada dia que passa.
Afinal, ela não é a melhor pessoa do mundo...
Na verdade pode ser considerada uma das piores. Por quê?
Porque ela se faz sofrer fazendo os outros sofrerem.
Sem querer? Sim... Não... Talvez
E é esse talvez que a mata.
Porque no fundo ela sabe. Sabe e não quer admitir.
Não quer se entregar a verdade.
E isso a mata.
Amata aos poucos e ela não sente. Não sabe.
Não quer acreditar...ou talvez ela queira morrer.
Mas não morrer de angústia e de dor.
Ela só quer sumir.
Sumir e pronto.
Mas o seu querer é impossível...
Não é inevitável... Mas não é possível.
Não quando ela tem gente pra amar.
Gente essa que a faz tão feliz.
Mas é uma felicidade tão imprevisível.
É um vai e vem.
Um encontro de desencontro.
Uma enganação.
Ah... Aí bate a verdade.
E ela não quer pensar.
Não quer sentir.
Não quer nem ao menos falar sobre isso.
Porque dói. Dói tanto que suas mentiras são o que a fazem sorrir todos os dias.

Nenhum comentário

Postar um comentário