1 Minuto...

Ela sorriu.
Sorriu, mesmo que a morte estivesse a 1 minuto de tomar-lhe a vida,
Ela sabia que estava indo porque quis
Porque desejou isso
Porque, em nenhum momento, ela parou de pensar nessa possibilidade.

30 segundos.

Ela caiu no chão e conseguiu se virar.
Olhou pro teto e a sua volta.
Seu quarto com pôsteres e livros espalhados nas paredes.
Seus livros preferidos.
Ela sorriu.

20 segundos.

Tudo estava escurecendo, mas nada abalaria aquele momento grandioso.
Não digo que ela viu o ceifador na sua frente ou viu anjos...
Ela viu a felicidade.

10 segundos

Faltava pouco...
E foi nesse pouco que tudo se passou pela sua cabeça.
A sua vida....
Tão cheia de confusão mental
Tão cheia de dor
Tão cheia de amor...
Ah, foi todo esse amor que a fez ter esses pequenos segundos de felicidade.
Foi o amor que a fez cair no chão.
O amor.
Tão belo, tão incrível, tão poderoso.
Foi o amor que a matou.

1 segundo...

(A Sonhadora)

Um comentário

  1. Em diversas passagens neste blog, este foi um dos melhores textos que já li. Fiquei preso por alguns instantes aqui, lendo e relendo. Amei a referência do tempo, a contagem que nos aflige durante toda a leitura. É tanto sentimento envolvido que nos prende de uma forma espetacular.

    Beijão

    ResponderExcluir