Reciprocidade...

Perdão.
Perdão pelo egoísmo do dia-a-dia.
Eu sei que o amor não é o mesmo.
Sei que dói. Dói muito.
Mas foi você quem escolheu ficar
Mesmo que a reciprocidade não fosse a mesma.
Sei que não escolhemos quem amar.
Não escolhemos a dor.
Não escolhemos nada que o destino traz.
Ele apenas traz...
Sem se importar com o que vai acontecer a você.
Mesmo que eu pudesse me afastar, me desligar de você, dizer não,
Não te amo, não posso permanecer na sua vida...
Eu decidi ficar.
E sorrir.
Mas fui egoísta.
Não me preocupei com você.
Apenas quis que você ficasse.
Eu queria te dar um pouco da felicidade que você merece.
Mas tudo só piorou.
Ficou profundo demais.
Louco demais.
Eu fiquei perdida.
Você transbordou tanto que me afoguei.
E morri.

 (A Sonhadora)

Um comentário

  1. Tanto sentimento, é inacreditável a forma como você transpassa tanto e faz o leitor sentir tudo. E continuo me perguntando: De onde vem tanto sentimento para escrever?

    Beijão

    ResponderExcluir