Ainda há amor?...



Com o olhar perdido no vazio que vem de você
Onde alucinações me rondam
E me mostram o quão forte estou fincada no chão
Sabendo que a nossa distância chegou na alma
Nesse momento
Me encontro perdida no abismo que criou
E me pergunto se você sabe disso...
Ainda há amor entre nós?
Cada dia que passa
Cada lágrima que esvai
Cada chance perdida
Me culpo pelo amor desgastado
Te culpo por essa dor sofrida
Pelo rancor
Pelas palavras dolorosas...
Dói em mim o fingimento diário
A criação de diálogos mentirosos
Os sorrisos que não existem em minha face
A tristeza que me abate
Dia pós dia, pós noite...
Pós amor...

(A Sonhadora)

Nenhum comentário

Postar um comentário