Carta para um alguém...





Estava analisando o quanto a sua presença me faz arrepiar
Cada centímetro do meu corpo se treme
Meu coração palpita e bombeia sangue cada vez mais rápido
Para específicas áreas do meu corpo
Cheguei nesse ponto ao ir ao teu encontro.
Mesmo que eu saiba separar as coisas
Não tenho controle pelos acontecimentos da mente humana.
Fui em sua direção e sorri por dentro, apenas
Não queria escancarar meus dentes brancos e gengivas rosadas tão obviamente para você
Só queria me sentar e explicar o motivo de estar ali àquela hora do dia
Sorri por dentro novamente
E me questionei se sentia paixão.
Me senti sabotada pelo coração e pela mente
Não me deixaram decidir o motivo desses tremores
Que iam da unha do pé até o meu último fio da cabeça
Segurei a barriga para as borboletas pararem de se mexer
Sorri.
Mas não era o sorriso que vinha de dentro
Era um “oi, estou aqui porque preciso resolver um assunto”
Mas juro que deitaria minha cabeça em seu ombro
E ficaria ali observando você com sua rapidez em verificar tudo que pode
Fico sempre abobalhada e assustada com a sua ligeira maneira de digitar e ler as coisas rápido.
Sumi.
Fiquei olhando para a tela do computador e me perdi na imensidão de algo
Que estava mais dentro de você do que de mim.
E quando você começava a falar eu estava em outro mundo
Dentro do mar dos seus olhos
Por isso sempre que eu balançar a cabeça e concordar, na maioria das vezes,
Não estarei entendendo muita coisa
Culpa da distração que você me causa.
Minha mente me sabota todos os dias
Manhãs e noites.
Meu pensamento é só seu, e isso me causa uma angústia tão grande
Que pensei em me afogar na poça.
Eu ri ao pensar nisso, e lembrei o quanto você é engraçado
Mesmo que irritado o tempo todo
Você faz graça e eu gargalho, fazendo ecoar pelas quatro paredes desse lugar,
Minha risada criada só para você.
Mas seria cômico se não fosse trágico
O fato, a certeza que tenho, que em meus braços não existe você e nunca vai existir.
Não quero pensar nisso, evito a maior parte do tempo, e nem penso em falar para você
Qual seria sua resposta?
Penso apenas em você se afastando para sempre.
Eu sei que o para sempre não existe
Tudo um dia tem um fim e espero por ele nervosamente.
Estava pensando também nas coisas que me disse essas semanas
As palavras escritas, faladas e não ditas 
Palavras que você guarda dentro de si e que ninguém deve saber
Lembrei dos seus textos e de como eu não reconheci a pessoa que você é ao lê-los
Quem é você ali dentro daquelas palavras?
Porém, quem é você todos os dias?
O intitulado babaca que me contaram?
Ou quem me liga todas as noites com implícitas juras de amor?
Queria parar de soltar palavras para você e de buscar algo no fundo da sua alma
Mas toda vez que você vem,
Invade cada parte do meu corpo,
Me enche de esperanças,
E me mata de amar.


(A Sonhadora)

Um comentário