Fora da alma...



Me pergunto se ainda há amor dentro de mim
Questionei ao meu coração toda a madrugada
Se sorriria se você voltasse para meu mundo
Mesmo que hoje eu queira ser uma pessoa diferente
Acho que estou indo rápido demais
Porque quero te tirar daqui, do coração.
Me vi sorrir mentiras que quero acreditar
E beber sonhos que nunca sonhei
Olhei no espelho diversas vezes
E criei metas sabendo que não as cumprirei
Tudo isso porque quero te expulsar da minha alma
Não aguento mais escrever para você
Nem derramar lágrimas por conta das circunstâncias que nos encontramos
Quero seguir o caminho oposto ao seu
E torcer para não te encontrar lá na frente
Mas preciso que entenda
Que tudo que tenho aqui dentro queima como a lava de um vulcão
E sei que pode acordar a qualquer momento.
Mas não serei alegre se explodir
Como também não serei se permanecer adormecido
Meus dias serão lutas intensas dentro e fora de mim
Mas não serei drama nem tensão
Serei a mesma de todos os dias
Desde que você chegou e desde que partiu
Só não me peça para sorrir com felicidade quando você aparecer
Serei imparcial.
Te darei sorrisos amenos
E uma felicidade que engana os olhos
Mas não a alma e nem o coração.


(A Sonhadora)

Um comentário