Querido Diário... (01)







Sei que você está lendo isso
Afinal, você sempre foi o meu maior fã
Pelo menos quando se fala nos textos em que eu escrevo
Sempre me deu forças para escrever.
estou aqui agora para escrever por sua causa e para você...
Estou lendo aquele livro que comprei antes de ir embora
Está bem interessante
Queria te cintar cada página que estou lendo
Você sabe que fico empolgada com os livros
E me empolgava mais ainda quando os contava para você
Todos os dias cada capítulo que concluía.
Torço para que isso passe logo
Sabe, essa angústia.
Tento pensar nas coisas que me fizeram dizer “não dá mais˜
Mas só penso em como tudo começou.
Lembro que prometi falar quando estivesse me afastando
Mas não falei
Eu queria ficar.
Mas não consegui ser forte e ser a mulher que queria que eu fosse
Ainda me sinto uma menina
E você não aguentava meus choros infantis
Eu não aguentava sua grosseria tamanha.
apaguei seu número
Mas o mantive no FaceTime
Eu quase te liguei ontem a noite
Fiquei olhando através do celular.
Queria te mandar mensagem quando nosso amigo saiu correndo
Informando que talvez a filhinha dele iria nascer
Estamos conectados por isso, mesmo que totalmente indiretamente.
Queria te falar que começarei a fazer ballet
Decidi que precisava de uma atividade extra para me manter no chão
Também decidi sair mais comigo mesma
Preciso aprender a ser sozinha
E vai ser difícil, você sabe que não sei estar sozinha.
Falaram que que ia passar logo, porque eu sempre tenho alguém
Mas eu não tenho dessa vez...
Não sei se você reivindicaria aquela minha decisão
Não sei se ainda havia amor
Mas sei que estou aqui
E se desse para ser diferente, eu estaria do seu lado.
Falei para as pessoas que eu acreditava que moraríamos juntos no ano que vem
Estava planejando isso, mas acho que era só na minha cabeça.
Sabe, eu desanimei em uns meses por conta do rancor que guardei das situações, não estou te culpando
Eu só não sabia lidar com o “mal” que você fazia à mim
Juro que tentei cobrir as mágoas
Com todas as coisas boas que você me proporcionava
Mas chegou um momento que nada mais estava adiantando.
Sei o quanto você é orgulhoso
E sei que você não voltaria se eu quisesse...
Mas eu voltaria para você ontem mesmo.
Estou dormindo à base de dramim 
Não sei como você está
Mas vi a foto da garrafa de whisk
E espero que esteja bem
Porque não estou.
Eu estou chorando menos à cada dia
Mas não consigo evitar derramar lágrimas em cima do teclado ao escrever aqui
Não fui embora por falta de amor
Fui embora pela dor.
Eu era o seu estresse
E você minha dor de cabeça.
Mas eu relaxava em seu peito todas as noites,
E mesmo com lágrimas nos olhos, eu era feliz.

(A Sonhadora)

Um comentário