Te prometo...


Acho incrível o quanto somos opostos
Dois extremos ocupando o mesmo espaço
Seu coração está do outro lado do mundo
E mesmo assim, sinto que se for longe
Vou me deparar com um mar de emoções
Que você só sabe negar...
Todos os dias eu me coloco na certeza
De que há um término para tudo nessa vida
E rezo, que quando chegar,
Meu choro seja silenciado
Não quero derramar lágrimas por algo
Que já enxergo o fim.
Mas prometo não te amar
Não sorrir quando você passar
E não sonhar contigo todas as noites.
Prometo não ser plenamente feliz ao seu lado
E não entregar minha alma em momento nenhum
Te prometo ser o que tiver que ser
Ir embora quando tiver que ir
E ficar quando quiser que eu fique.
Mas peço que prometa não fingir amor
E não se esquivar quando me aproximar
Prometa que quando tudo acabar
Voltemos ao começo
Afinal, o que não foi feito para ser, não será.

(A Sonhadora)


-->

Um comentário