Caixa de pandora?....


Pela primeira vez na vida estou em um impasse de algo que nunca achei que aconteceria
Tantas pessoas nesse mundo por aí, e sempre vou achar que estou com a última bolacha do pacote.
Sei o motivo desse achismo.
Medo.
A solidão é muito dolorida.
Dói não ter alguém que te acolha, que seja sua base, que saiba como te melhorar em um momento de dor.
Estou sem uma base a um tempo e quero me permitir viver sem nenhuma por mais alguns momentos
Mais por falta de escolhas do que por falta de vontade
É engraçado quando sabemos o que queremos e o que não queremos. 
O ruim é esconder essa certeza de algo que,
obviamente, está ali bem nítido na nossa cara.
O amor, meus amigos, é a caixa de pandora do ser humano.
Nós não queremos abri-lo, mas o fazemos e não sabemos como usar, o que fazer, como manusear, como dar,
doar ou vender.
Ainda assim o deixamos aberto e tudo de ruim que nos é dado mistura-se com tudo de bom que o amor tem a nos
oferecer.
O ser humano é uma praga
Mas amamos as pessoas e criamos laços
Choramos, rimos, sofremos, doemos e fazemos doer.
Nem sempre por maldade, às vezes porque estamos apenas cegos com esse amor doentio que criamos.
Mais uma vez juntei meu amor com a minha dor e criei uma bola de neve que está prestes a me esmagar
Não pedi por ajuda porque sei como não morrer estraçalhada por ela, mesmo que diversas vezes penso em não me esforçar tanto
Afinal, está tudo tão dolorido que é difícil sustentar.
Querem passarinhos em gaiolas e voando
Quem está preso não canta tão bem quanto quem está livre.
O amor dói, amigos. 
Dói e não sabemos como lidar.
A sensação de morte acaba sendo nossa melhor amiga e nos apegamos a ela porque a carência é nossa inimiga mais comum
Ao mesmo tempo que abraçamos nosso inimigo, queremos ser livres
E isso é tão doloroso...
A questão, afinal, do ponto final desse texto, é chegar onde ninguém nunca chega.
O que fazer para não pôr sua felicidade como obrigação do outro?
Como ser autossuficiente?
Como não tomar o amor como algo possessivo?
Não cheguei a nenhuma conclusão, apenas observei que o amor criado pelo ser humano é uma mentira
E em todos esses anos de amor, nunca imaginei que chegaria nesse estágio.
Não acreditava como alguém pode se fechar para algo tão lindo
Mas descobri que a beleza não é nada
Nem mesmo para o amor humano.


(A Sonhadora)

Nenhum comentário

Postar um comentário